Escolha uma Página

A comunicação é um desafio na maioria das esferas, seja na escola, no trabalho, na rua, em qualquer espaço. Agora imagine o desafio quando uma pessoa possui deficiência auditiva e não há recurso para a sua interação com os ouvintes. É nesse caso que o ICOM atua. 

A plataforma visa facilitar a comunicação entre as pessoas que são fluentes em Libras e as que não são. Isso é possível por meio de tradução simultânea, um serviço que empresas, escolas, clínicas médicas, entre outros, podem usar para a inclusão de deficientes auditivos e interagir com eles.

Conheça essa central e descubra como ela pode ser útil na rotina das mais diferentes instituições. 

O que é o ICOM?

O ICOM é um  serviço de tradução de Libras ao vivo e remoto, que foi desenvolvido pela AME – Associação Amigos Metroviários dos Excepcionais. A AME tem mais de 30 anos de experiência e foca o seu trabalho em oferecer soluções de acessibilidade e promover a inclusão. 

Essa também é o objetivo do ICOM, uma vez que as empresas têm dificuldade na comunicação com pessoas surdas. Assim, a tecnologia pode ser usada em inúmeras situações, como atendimento de um cliente, para a seleção de profissionais, tradução em treinamentos e outros.

O serviço é completo e dá total segurança à empresa, bem como controle do uso da ferramenta. Afinal, tudo isso pode ser usado e monitorado pelos gestores, por meio de relatórios emitidos em tempo real que informam dados como, por exemplo: 

  • usuários cadastrados;
  • local de origem da chamada;
  • data e hora de acesso;
  • tempo de espera para ser atendido;
  • duração do atendimento;
  • tempo de ocupação, entre outros. 

A empresa também pode cadastrar usuários para gestão do sistema, determinando o nível de permissão de cada um. Dessa maneira, é possível administrar a ferramenta de acordo com as necessidades da instituição. Há possibilidades de, por exemplo:

  • definir níveis de permissão;
  • criar e cadastrar serviços adicionais;
  • inserir a opção de SAC;
  • formatar estilos, entre outros.

Para que todas essas facilidades sejam usadas da melhor maneira, o ICOM tem também um eficiente sistema de suporte para:

  • requisições de serviços;
  • gestão de incidentes;
  • gestão de problemas;
  • gestão de mudanças.

Enfim, podemos dizer que o ICOM é um serviço que usa a tecnologia a favor da comunicação e da inclusão de pessoas surdas. Pois, permite que as empresas adequem o atendimento a esses sujeitos, bem como se tornem aptas para recebê-los na equipe. 

Como funciona o ICOM?

O ICOM atua como um serviço de tradução de LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) em tempo real. Para isso, é disponibilizado um atendimento especializado de intérpretes profissionais, durante 24 horas por dia. Dessa forma, os profissionais possibilitam a comunicação entre ouvintes e surdos instantaneamente.

Essa facilidade pode ser acessada por celulares, tablets e computadores. Na prática, o ICOM funciona da seguinte forma: 

  1. A empresa recebe um cliente surdo ou precisa se comunicar com ele e aciona a Central de Tradução Simultânea;
  2. Uma conexão por vídeo é estabelecida e o intérprete de LIBRAS passa a intermediar o diálogo entre o ouvinte e o surdo, permitindo que as pessoas conversem com clareza;
  3. Quando as duas pessoas estão no mesmo ambiente, elas podem usar apenas uma conexão;
  4. Já quando cada indivíduo está em um local diferente, todo esse processo de tradução simultânea por meio do ICOM acontece remotamente, por meio de uma vídeo chamada. Para isso, basta que ambos tenham acesso a um celular, tablet ou computador com internet.

Quais os dispositivos podem ser usados para acessar o serviço do ICOM? 

As vídeo chamadas podem ser feitas pelos mais diferentes dispositivos, desde que possuam acesso à internet. Assim, é possível usar o ICOM pelo: 

  • Tablet;
  • Celular com versões para Android e IOS
  • Computador ou notebook que tenha acesso a uma conexão segura. 

Benefícios para a sua empresa

Com o ICOM, a empresa também tem várias vantagens, além de promover um melhor atendimento e focar em atos de inclusão. É válido lembrar que a acessibilidade, como a promovida pelo ICOM, é uma exigência ética e legal.

De acordo com a  Lei Brasileira de Inclusão (LBI), os surdos devem ser atendidos com o uso de LIBRAS. Cabe à empresa se adaptar e oferecer essa comunicação eficiente e inclusiva. Assim, ao adotar o ICOM a instituição está:

  • Promovendo a inclusão de pessoas surdas;
  • Melhorando o atendimento dos clientes;
  • Permitindo que o trabalho do setor de Recursos Humanos, na seleção de pessoas com deficiência, seja aprimorado e a conversação na hora da entrevista seja mais fluida e eficiente;
  • Ter um bom acompanhamento dos atendimentos realizados pelo SAC, bem como das informações fornecidas pelos clientes, já que o ICOM conta com um sistema de gestão eficiente, que é capaz de armazenar dados em tempo real;
  • Segurança: a comunicação é segura e as chamadas podem ser gravadas e armazenadas pelo tempo que a empresa precisar. 

Como baixar e contratar? 

Para contratar o ICOM é possível clicar aqui e preencher o formulário eletrônico. Caso prefira, ligue para (11) 23608900. A empresa está localizada na Rua Serra de Botucatu, 1197 – Tatuapé, São Paulo.

Será que a sua empresa já fez tudo o que deveria para promover a inclusão? Descubra participando do quiz Qual o nível de inclusão da sua empresa?

outros posts

Solicite uma demonstração agora

Cadastre-se para receber a versão demo do app do ICOM

Nossa localização

Rua Serra de Botucatu, 1197  Tatuapé – 03317-001
São Paulo/SP

Contato

(11) 2360-8900

Fale com a gente

contato-icom@ame-sp.org.br

Baixe o app